PATRIMÔNIO CULTURAL URBANO: ESPETÁCULO CONTEMPORÂNEO?

Paola Berenstein Jacques

Resumo


A competição local por turistas ou empreendedores estrangeiros é acirrada. As municipalidades se empenham para melhor vender a imagem de marca da sua cidade, em detrimento das necessidades da própria população local, ao privilegiar basicamente o visitante, através de seu maior chamariz: o espetáculo. O patrimônio cultural urbano passa, assim, a ser visto como uma reserva, um potencial de espetáculo a ser explorado.

Texto completo:

PDF