Contribuições da Administração Política para o Campo da Administração

Elinaldo Leal Santos, Weslei Gusmão Piau Santana, Reginaldo Souza Santos, Vítor Lélio Braga

Resumo


Nos últimos anos, percebe-se no Brasil um esforço, por parte de alguns pesquisadores, para incorporar a dimensão política no campo da Administração. No geral, o movimento busca a emancipação do homem diante das mazelas provenientes do sistema capitalista de produção. O objetivo do ensaio é analisar as contribuições desse movimento para o campo da Administração. Para tanto, questiona-se: A Administração Política é capaz de contribuir para o desenvolvimento da ciência da Administração e para o bem-estar da sociedade?  O ensaio está estruturado em quatro seções: definições conceituais que orientarão o estudo; discussão da delimitação do campo; estabelecimento da relação entre o campo e as demais disciplinas normativas e, por fim, especulação sobre o futuro dessa subárea da Administração. A discussão é fundamentada em Burrell e Morgan (1979), Pierre Bourdieu (2001), Gioia e Pitre (1990), nos clássicos Adam Smith, Marx, Marshall, Keynes, além de autores como Tragtenberg (1974) e Santos (2004). O resultado aponta uma carência de uma disciplina dentro do campo que possa desenvolver a crítica à predominância do pensamento funcionalista da gestão, especialmente no tocante à sua epistemologia.


Palavras-chave


Ciência da Administração; Administração política;Bem-Estar Social

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/23172428rigs.v3i2.9894