Limites e possibilidades de empoderamento a partir de políticas públicas: o caso dos artesãos da cidade de Lajes Pintadas/RN

Thaís Barbosa Ferreira, João Moraes Sobrinho, Diogo Henrique Helal

Resumo


O artigo analisou a compreensão de empoderamento na percepção dos atores envolvidos no processo de implementação de políticas públicas entre os artesãos de Lajes Pintadas/RN. Os dados para a realização deste estudo foram coletados por meio de entrevistas presenciais semi-estruturadas e observação não-participante. Para a categorização dos dados, o programa atlas.ti foi utilizado e para a análise dos dados, a análise de conteúdo. Os principais resultados indicam que o artesão ainda tem uma visão assistencialista do poder que lhe é conferido, uma vez que ainda é inadequada a forma com que essas políticas são implementadas nesses grupos.


Palavras-chave


Empoderamento; Políticas Públicas; Artesanato; Atores Sociais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/23172428rigs.v3i3.8964