Os Novos Modelos de Gestão Participativa em Museus: Contributos para o Desvanecimento das Dicotomias

Lorena Sancho Querol

Resumo


SoMus é o acrónimo do projeto de investigação em Sociomuseologia que tenho vindo a desenvolver em Portugal desde 2014. Como objetivo principal, propus-me definir os modelos de gestão participativa de quatro museus locais situados em diferentes países europeus, a partir das suas praticas museais. Escolhidos pelo seu caráter inovador, sob a ótica da participação cultural da sociedade, estes museus representam um variado leque de contextos, culturas e desafios que nos ajudam a refletir sobre o lugar desta instituição na construção de novos modelos de democracia cultural. Neste artigo, apresentamos os modelos de gestão criados junto dos parceiros português e finlandês. O que podemos aprender com estas experiências?

Palavras-chave


SoMus; Sociomuseologia; Modelo de Gestão Participativa; Controlo Cidadão; Participação Cultural.

Texto completo:

PDF

Referências


- ARNSTEIN, S.R. A Ladder of Citizen Participation. JAIP, vol. 35, n. 4, p. 216-224. 1969.

- BORDENAVE, J. D. O que é participação?. São Paulo: Brasiliense, 1983. 88 p.

- BRANDÃO, C. R.; STRECK, D. R. Pesquisa Participante. O Saber da Partilha. São Paulo: Ideias & Letras, 2006. 295 p.

- CARPENTIER, N.; JENKINS, H. Theorizing participatory intensities: A conversation about participation and politics. Convergence: The International Journal of Research into New Media Technologies, v. 19, n. 3, p. 265-286. 2013.

- CASTELLS, M. A Network Theory of Power. International Journal of Communication, n. 5, p. 773-787. 2011.

- DESSEIN, J. Culture in, for and as Sustainable Development. Conclusions from the Cost Action IS1007 Investigating Cultural Sustainability. Jyväskylä: Jyväskylä University Press & European Cooperation in Science and Technology, 2015. 72 p.

- KALLIO, Kalle. Labour Heritage and Identities in Tampere. In: RANTANEN, K. (Ed.), Living Industrial Past. Perspetives to industrial history in the Tampere region. Tampere: Museum Centre Vapriikki & Finnish Labour Museum, 2010. p. 110-135.

- KAPLAN, R. S.; NORTON, D. P. Using the Balance Scorecard as a Strategic Management System, Harvard Business Review, p. 75-85, January-February 1996.

- MARTINHO, C. Algumas Palavras sobre Rede. In: SILVEIRA, C.M.; DA COSTA REIS, L. (Org.). Desenvolvimento Local, Dinâmicas e Estratégias. Rede DLIS/RITS, 2001, p. 24-30.

- MOUTINHO, Mário. Evolving Definition of Sociomuseology: Proposal for reflection. In: ASSUNÇÃO DOS SANTOS, P.; PRIMO J. (Org.), Cadernos de Sociomuseologia, nº 38, p. 27-31, 2010. Disponível em: http://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/1642/1307. Acesso em: 5 maio 2016.

- PATEMAN, C. Participação e teoria democrática. Tradução de Luiz Paulo Rouanet. Paz e Terra. Rio de Janeiro, 1992/1970. 157 p.

- Autora

- Autora

- Autora

- Autora

- Autora

- SANTOS, Boaventura S. Para além do pensamento abissal: das linhas globais a uma economia de saberes. In: SANTOS B. S.; MENEZES M. P. (Org.). Epistemologias do Sul. Coimbra: Almedina- CES, 2009, p. 23-71.

- UNESCO. Recomendación para la Salvaguarda de la Cultura Tradicional y Popular. 1989. Disponível em: http://portal.unesco.org/es/ev.php-URL_ID=13141&URL_DO=DO_TOPIC&URL_SECTION=201.html. Acesso em: 7 mar 2016.

- Declaração Universal da Diversidade Cultural. 2001. Disponível em: http://unesdoc.unesco.org/images/0012/001271/127160por.pdf. Acesso em: 26 Jun 2016

- Convenção para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial. 2003. Disponível em: http://unesdoc.unesco.org/images/0013/001325/132540por.pdf. Acesso em: 7 Jun 2016.

- Convenção para a Proteção e Promoção da Diversidade das Expressões Culturais. 2005. Disponível em: https://www.unescoportugal.mne.pt/pt/temas/proteger-o-nosso-patrimonio-e-promover-a-criatividade/diversidade-das-expressoes-culturais. Acesso em: 20 Jul 2016.

- VICTOR, Isabel. Do conceito de públicos ao de cidadãos-clientes. Cadernos de Sociomuseologia, nº 23, p. 163-220, 2005. Disponível em: http://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/403/310. Acesso em: 10 dezembro 2016.