O Processo de Delimitação dos Bairros de Salvador: Relato de uma Experiência

Elba Guimarães Veiga, Cássio Marcelo Silva Castro, Anderson Gomes de Oliveira, Adalberto Bulhões, Vitória Régia Sampaio, Aline Farias Souza, Carlos Henrique Cardoso, Leonardo Dias Afonso

Resumo


O processo de atualização da delimitação dos bairros do município de Salvador, que resultou na definição de 160 bairros e, além das ilhas, foi realizado entre outubro de 2007 e outubro de 2009 por uma equipe multidisciplinar composta por técnicos da Universidade Federal da Bahia (UFBA), do Governo do Estado, da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) e da Prefeitura Municipal de Salvador (PMS). O conceito de bairro trabalhado ao longo do projeto, foi elaborado tendo como elemento estruturante as noções de identidade e de pertencimento do morador, além de aspectos de natureza urbanística. Este esforço conjunto visou à construção de uma unidade de referência para o cidadão, pesquisadores e gestores da cidade, uma vez que, por falta de uma delimitação oficial de bairros, muitas instituições que atuam no espaço urbano produziram os seus próprios recortes territoriais, criando um emaranhado de traçados, sem que o cidadão efetivamente nele se reconheça. Essa experiência se constitui em uma referência para quem trabalha com pesquisa, ensino e gestão pública e que tem no território um ponto de confluência.

Palavras-chave


Salvador; Bairros; Delimitação

Texto completo:

PDF PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/23172428rigs.v1i1.10193