A evolução da desindustrialização no Brasil

Thaiane Lorena Nascimento Silva, Denisia Araujo Chagas Guerato

Resumo


Este trabalho objetiva examinar o processo de desindustrialização no Brasil a partir dos anos 2000. Para tanto, foi abordado na revisão da literatura o processo de desindustrialização, a partir do seu conceito, causas e consequências econômicas. Em seguida, foram analisados dados secundários em fontes como IBGE, Ministério do Trabalho e Ministério da Indústria, Comércio e Serviços. O presente estudo revelou a existência do fenômeno da desindustrialização, uma vez que a participação do emprego formal da indústria de transformação no emprego total reduziu 9,9% entre 1985-2016, bem como a indústria de transformação cujas atividades de baixa e baixa-média tecnologia diminuíram participação em 8,29% no emprego total da indústria de transformação entre 2000 e 2015. Além da redução da relação VTI/VBPI e da participação do valor adicionado da indústria de transformação sobre o PIB, bem como do desempenho ruim do comércio exterior de produtos manufaturados.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/rene.v13i2.37053