Moda: tecendo outras possibilidades na construção das identidades de gênero

Maíra Arcoverde

Resumo


Desde que o ato de vestir passou a engendrar um sistema efêmero de constantes mudanças hoje chamado moda, a roupa tornou-se uma linguagem não-verbal por meio da qual as pessoas comunicam sua posição na sociedade e suas relações entre si. No contexto deste trabalho, analisarei a moda dialogando com estudos históricos e sociológicos que possam fornecer pistas para entender como a roupa corroborou com a construção e manutenção de um discurso binário masculino-feminino como pré-discursivo, e como a própria produção discursiva dos gêneros teceu roupas que lhe servissem. O tensionamento do texto, entretanto, é de mostrar que dentro da própria trama da moda e da matriz binária dos gêneros é possível encontrar fissuras para subverter a lógica hegemônica e (des)construir as formas do vestir para além das linhas que circunscrevem as fronteiras das construções culturais.

Texto completo:

PDF PDF