A lesbianidade e a surdez

Jessica Akemi Kawano Ribeiro

Resumo


O presente artigo visa uma abordagem teórica da vivência da mulher surda e lésbica. Para tal, será usado o conceito de interseccionalidade[1] e identidade, sendo assim possível trabalhar a formação da identidade daquela que é ao mesmo tempo mulher, surda e lésbica. A análise será respaldada por teóricos que abordam a surdez, como LABORIT, STROBEL e LANE; e teóricos que trabalham a sexualidade do individuo surdo, como MAIA, MOUKARSEL e ABREU. Da mesma forma que teóricas feministas, incluindo HEKMA, WITTIG e HAWTHORNE. Após a discussão teórica, serão transcritos trechos da entrevista feita com K., mulher, lésbica não feminina e surda; buscando trazer a experiência real e prática dessa vivência.

 

Texto completo:

PDF