O Deficiente Visual e o Ensino Fundamental: um estudo etnográfico sob a perspectiva da pesquisa transformativa do consumidor

Pedro Coelho, Nelsio Rodrigues de Abreu

Resumo


A finalidade desta pesquisa foi conhecer o comportamento de consumo dos deficientes visuais ao usufruírem de serviços educacionais durante o ensino fundamental A investigação etnográfica, desenvolvida numa ONG que atua na educação de alunos com deficiência visual, resultou na coleta de dados por meio de 17 entrevistas narrativas com alunos do ensino fundamental, seis entrevistas em profundidade com gestores e professores da ONG Lar e cinco com responsáveis desses alunos, além de sete meses de observações participantes. Os resultados apontam que os colegas da escola, os professores, os gestores escolares e as ONGs que atuam com deficientes visuais são atores que interferem diretamente no comportamento de consumo dos sujeitos de pesquisa, sendo capazes de contribuir ou inibir o bem-estar subjetivo dos alunos. Além disso, a impotência diante da cobrança de taxas abusivas e a ausência de materiais didáticos adequados são características do contexto investigado que acentuam o estado de vulnerabilidade.


Palavras-chave


Pesquisa Transformativa do Consumido; Vulnerabilidade do Consumidor; Ensino Fundamental; Deficiência Visual

Texto completo:

PDF


ISSN (Online) 1984-9230 - (Impresso) 1413-585X - Qualis CAPES A2