Os papéis da sociedade civil como protagonista no processo de promoção do consumo sustentável: uma análise baseada na percepção de especialistas brasileiros

Verônica Macário de Oliveira, Carla Regina Pasa Gomez, Suzanne Érica Nobrega Correia

Resumo


Este artigo teve como objetivo analisar os papéis da sociedade civil para promover o consumo sustentável no contexto brasileiro. Considera-se que a promoção do consumo sustentável necessita da atuação da sociedade civil por meio de um processo emancipatório (SACHS, 2007), a partir do aprofundamento da democracia participativa e amplo exercício de cidadania (COSTA; TEODÓSIO, 2011; MICHELETTI; STOLLE, 2012). Isto porque consumo sustentável depende de mudanças estruturais associadas a fatores políticos, institucionais e de mercado, o que requer o desenvolvimento de propostas mais colaborativas, nas quais a sociedade civil exerce papéis de protagonista ao lado de governos e empresas. Assim, em termos de procedimentos metodológicos, foi realizada uma pesquisa junto a especialistas brasileiros na temática, a partir do uso do método Policy Delphi. Os resultados demonstram que dos papéis da sociedade civil analisados, apenas o carrotmob, no nível meso, não foi validado como relevante. Quanto aos demais papéis avaliados, apenas a prática do buycott foi classificado como “muito importante”, no nível micro, enquanto os outros foram classificados como “criticamente importante” no processo de promoção do consumo sustentável no contexto brasileiro.


Palavras-chave


Consumo sustentável; sociedade civil; cidadania

Texto completo:

PDF


ISSN (Online) 1984-9230 - (Impresso) 1413-585X - Qualis CAPES A2