Essa Roupa é a Minha Cara: a contribuição do vestuário de luxo à construção da auto-imagem dos homossexuais masculinos

Joyce Gonçalves Altaf, Irene Raguenet Troccoli

Resumo


Apesar da crescente busca de conhecimento sobre o comportamento de determinados subgrupos, pouco se sabe acerca dos hábitos do consumidor homossexual masculino brasileiro. Com isto em mente, o presente estudo buscou entender a relação entre o construto do auto-conceito e o comportamento do consumidor homossexual masculino no mercado de vestuário de marcas de luxo. Realizou-se uma pesquisa qualitativa de caráter exploratório, com entrevistas em profundidade com 12 sujeitos representativos desta sub-cultura, destinadas a captar e a analisar sua percepção a respeito do tema enfocado. Identificou-se que não existe uma unanimidade na forma como o vestuário de luxo pode contribuir para a construção da auto-imagem do consumidor, variando de acordo com a personalidade do indivíduo, com seu momento de vida e até mesmo com suas necessidades momentâneas. Por outro lado, ficou claro que o vestuário de luxo é de grande importância para a construção da auto-imagem deste público - muito embora a intensidade desta importância varie de indivíduo para indivíduo - tendo-se concluído que o auto-conceito influencia diretamente no comportamento de compra do homossexual masculino neste mercado.

Palavras-chave


Comportamento do consumidor. Auto-conceito. Homossexuais masculinos. Mercado do luxo

Texto completo:

PDF


ISSN (Online) 1984-9230 - (Impresso) 1413-585X - Qualis CAPES A2