Análise Organizacional de Destinos Turísticos com Base nos Conceitos de Mudança, de Incerteza e na Teoria do Caos: estudo dos exemplos de Gramado e Canela, na Serra Gaúcha

Edegar Luis Tomazzoni, Eric Dorion, Alexandra Marcella Zottis

Resumo


As teorias da mudança e do caos proporcionam visão do conjunto de relações, aspectos e implicações do turismo, com base nas incertezas e instabilidades ambientais e de mercado. A maioria dos modelos de análise, planejamento e gestão do turismo ainda é limitada, em razão do seu caráter linear e unidimensional. O objetivo da teoria do caos é fornecer explicações dos fenômenos, não é fazer previsões, pois é impossível prever o futuro a longo prazo. As estratégias de gestão geram novas fontes de incerteza, pois a realidade não pode ser completamente representada por modelos. Ter consciência desses fatos significa, entretanto, considerar o campo de múltiplas possibilidades e oportunidades da mudança e do caos na gestão do desenvolvimento do turismo. Essas idéias são aplicadas à análise das experiências de dois dos principais municípios turísticos do Brasil, Gramado e Canela, localizados na Região das Hortênsias, Serra Gaúcha.

Palavras-chave


turismo; teoria do caos; teoria da mudança; mercado; incerteza; instabilidade

Texto completo:

PDF


ISSN (Online) 1984-9230 - (Impresso) 1413-585X - Qualis CAPES A2