Modelos de Gestão e Inovação Social em Organizações sem Fins Lucrativos: Divergências e Convergências entre Nonprofit Sector e Economia Social

Andréa Leite Rodrigues

Resumo


Este trabalho se insere no campo de estudos sobre organizações sem fins lucrativos. Observa-se que o crescimento em quantidade desse tipo de organização veio acompanhado por mudanças em seus modelos de gestão, particularmente nas estruturas organizacional e de governança. Tem-se como objetivo principal desenvolver relações entre modelos de gestão de organizações sem fins lucrativos e geração de inovação social. O quadro teórico foi construído a partir de revisão bibliográfica nos seguintes conceitos: nonprofit sector, cujo referencial é de origem anglo-saxã; economia social, de origem francesa; e inovação social. Esta pesquisa trata-se de um estudo qualitativo, exploratório, cujos meios de investigação são estudos de dois casos de organizações sem fins lucrativos. Os estudos de casos envolveram pesquisa de campo, investigação documental, observação participante e entrevistas com atores-chave que trabalham nas respectivas organizações. O primeiro caso ocorreu em uma associação localizada em São Paulo, Brasil, que possui uma escola de artes; o outro, deu-se em uma cooperativa de solidariedade localizada em Montreal, Québec, Canadá. Ao final do trabalho são indicados os resultados das análises sobre as relações entre modelos de gestão e geração de inovação social.

Palavras-chave


gestão social ; inovação ; organizações sem fins lucrativos

Texto completo:

PDF


ISSN (Online) 1984-9230 - (Impresso) 1413-585X - Qualis CAPES A2