Características culturais nacionais em organizações industriais do setor alimentício paranaense

Patricia Tendolini Oliveira, Clóvis L. Machado-da-Silva

Resumo


No presente estudo procura-se ampliar a compreensão do fenômeno organizacional no Brasil, mediante a análise do nível de presença dos principais traços culturais nacionais nos diferentes estágios do ciclo de vida das empresas do setor alimentício no Estado do Paraná. Os resultados permitem afirmar que, para o conjunto das empresas pesquisadas, o nível de presença das características culturais personalismo, protecionismo/orientação pela autoridade externa, formalismo, receptividade positiva e orientação para o curto prazo varia de acordo com o estágio do ciclo de vida em que se encontram as organizações objeto da investigação, corroborando a hipótese básica da pesquisa. Já no que concerne às características protecionismo/postura de espectador, aversão à incerteza, jeitinho e receptividade negativa não se verificou a corroboração estatística da hipótese básica do estudo.

Texto completo:

PDF


ISSN (Online) 1984-9230 - (Impresso) 1413-585X - Qualis CAPES A2