Administração e Teorias das Organizações Contemporâneas: Rumo a um Humanismo-Radical Crítico?

Omar Aktouf

Resumo


O autor argumenta que os escritos tradicionais e os debates atuais sobre as novas idéias em administração e em teoria das organizações exigem um embasamento teórico adequado. Propõe então, que aqueles que questionam o futuro e a eficiência das organizações ocidentais precisam levar em consideração as contribuições do humanismo-radical neo-marxista mais do que privilegiar o costumeiro funcionalismo-consensual. Nesse sentido, os teóricos e práticos da administração deveriam integrar tais contribuições a fim de compreender a transformação necessária de um tipo taylorista de empregado passivo e obediente em um outro mais ativo e cooperativo. Assim, para alcançar uma renovação da administração, os pesquisadores devem adotar uma visão global da humanidade, para oferecer aos trabalhadores uma maior margem de controle sobre suas condições de trabalho.

Texto completo:

PDF


ISSN (Online) 1984-9230 - (Impresso) 1413-585X - Qualis CAPES A2