ACESSO À INFORMAÇÃO: CONSTRUÇÃO DE INDICADORES E ANÁLISE DE PERFIL DO CIDADÃO ATRAVÉS DO PORTAL e-SIC NO ANO DE 2018

Marcelo de Andrade Silva, Pablo Vinícius D’oliveira Menezes

Resumo


Todo cidadão brasileiro pode acessar as informações públicas que estão sob custódia do Estado. Esse direito é considerado fundamental e está previsto na Constituição Federal de 1988. O presente artigo tem como objetivo de analisar os diferentes perfis dos cidadãos que solicitam informações por meio do Sistema Eletrônico do Serviço de Informações ao Cidadão (e-SIC), tendo como referência o ano de 2018. Para alcançar o objetivo proposto, utilizou-se de métodos dedutivos e analíticos, e após extrair os dados necessários, foi montada uma base de dados com indicadores a fim de obter os resultados. A pesquisa teve como amostra as solicitações realizadas nas Capitais Brasileiras, sendo agrupadas por Regiões (Norte, Nordeste, Sudeste, Sul e Centro-Oeste). Tais indicadores são: Gênero, Idade, Grau de Escolaridade e Profissão. Através da análise dos resultados foi possível verificar que a idade média dos cidadãos que acessam o e-SIC ficou acima dos 40 anos. Analisando o grau de escolaridade, vimos que os cidadãos que possuem grau de escolaridade de nível superior são maioria. Na pesquisa também fica evidente que as mulheres ainda são minoria na participação política, além de outros aspectos sociais identificados, que apontam um alerta para a sociedade da informação e suas esferas públicas.

Palavras-chave


Portal e-sic; Lei nº 12.527; Governança informacional; Sociedade da informação; Acesso à informação

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/rpa.v13i3.34898

PontodeAcesso. ISSN: 1981-6766