COMPORTAMENTO INFORMACIONAL DOS PROFISSIONAIS DA SAÚDE NO HOSPITAL DE REABILITAÇÃO DE ANOMALIAS CRANIOFACIAIS DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO – HRAC – USP

Danielle Da Silva Pinheiro Wellichan, Helen De Castro Silva Casarin, Telma Flores Genaro Motti

Resumo


Os estudos de comportamento informacional visam descrever o comportamento humano relacionado às fontes e canais de informação, descrevendo os processos de busca, recuperação, acesso e uso da informação. As contribuições destes estudos, quando seguem a abordagem de domínio, podem ser aplicadas em produtos e serviços informacionais adequados a diferentes grupos de usuários de estudados. Neste estudo, buscou-se descrever as necessidades informacionais de membros de uma equipe multidisciplinar de profissionais da área da saúde, em um hospital especializado em reabilitação de anomalias craniofaciais. A coleta de dados foi realizada por meio de aplicação de questionário aos profissionais da equipe de atendimento aos pacientes com fissura labiopalatina, incluindo as áreas de medicina, odontologia, enfermagem, fonoaudiologia, serviço social e psicologia, num total de 56 participantes. Os resultados indicaram uma preferência dos participantes por fontes de informação informais (consultas a colegas e/ou à equipe multiprofissional) e o uso de bases de dados e artigos especializados como forma de atualização profissional. Constatou-se a dificuldade dos profissionais na elaboração de estratégias. O Centro de Documentação também foi apontado como utilizado pelos profissionais, mostrando um panorama diferente da literatura nacional e internacional, além de confirmar a importância do bibliotecário clínico no contexto hospitalar. Tais considerações permitem constatar que, no ambiente informacional da saúde, produtos e serviços precisam ser oferecidos de forma rápida e de acordo com suas necessidades.

Palavras-chave


Comportamento informacional; análise de domínio, saúde; Equipe multiprofissional hospitalar; Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da Universidade de São Paulo – HRAC -USP

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/rpa.v13i2.24557

PontodeAcesso. ISSN: 1981-6766