REPOSITÓRIO INSTITUCIONAL DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA: FERRAMENTA DE VISIBILIDADE PARA OS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO

Susane Barros, Flávia Rosa, Rodrigo França Meirelles

Resumo


Implantado em 2010, o Repositório Institucional (RI) da Universidade Federal da Bahia (UFBA) se destaca pela contribuição na ampliação da visibilidade da produção científica da Instituição. Além da visibilidade, contribui para a transparência da produção intelectual, e sistematiza uma política de disseminação, de alcance universal. Permite também consolidar um sistema de ordenamento dessa produção, que se faz, tradicionalmente, de maneira dispersa. Para tanto, é indispensável o compromisso e a participação dos programas de pós-graduação da UFBA para que de fato o RI cumpra o seu papel. Essa pesquisa analisa os sites dos programas para verificar de que modo eles orientam quanto ao uso e autoarquivamento da produção dos seus discentes e docentes, e em que medida atendem aos indicadores do item visibilidade do quesito 5, da ficha de avaliação da Capes. Os resultados apontam para: uma baixíssima indicação, nos sites dos programas, de orientações formais sobre o autoarquivamento no repositório; indicações para a BDTD, já desativada; ites com problemas de usabilidade e legibilidade às informações. A política de acesso aberto institucionalizada através do repositório não é satisfatória para mobilizar os programas num compromisso mais efetivo da disponibilização de conteúdo via RI.

Palavras-chave


Comunicação científica. Repositório Institucional – UFBA. Inserção Social. Avaliação. Visibilidade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/1981-6766rpa.v9i3.15086

PontodeAcesso. ISSN: 1981-6766