A construção e compreensão de conceitos pelo aluno surdo: desafios para o tradutor/intérprete de Libras/Língua Portuguesa

Danielle Vanessa Costa Sousa, Ricardo Oliveira Barros

Resumo


O presente artigo pretendeu abordar sobre um dos desafios presentes na área da tradução/interpretação na modalidade Língua Portuguesa/Libras. O objetivo do mesmo foi investigar como este profissional atenua a ausência de referentes do aluno surdo no momento em que conceitos na língua oral são apresentados e consequentemente construídos pelos interlocutores em uma ação discursiva. Esta investigação foi composta por discussões teóricas, condições empíricas e entrevistas com tradutores/intérpretes de Libras de uma Escola da Rede Federal de Ensino, atuantes no nível médio/técnico.


Texto completo:

PDF

Referências


CARVALHO, A. F. de ; MARTINS, V. R. O. Posição-mestre e função-educador: relações ativas no ato de interpretação da língua brasileira de sinais em contexto de ensino. Políticas Educativas, v. 7, p. 1-20, 2014.

CUMMINS, J. The role of primary language development in promoting educational success for language minority students. In: DOLSON, DP; LOPEZ, G. (eds.) Schooling and language minority students. A theoretical framework. Los Angeles, California: Evaluation, Dissemination and Assessment Center/California State University, 1981, p. 3-49.

JUNIOR, L. A. B.; VASCONSELOS, M. L. Estudos da Tradução I. Florianópolis: UFSC, 2008.

LACERDA, C. B. F. de. O intérprete de língua Brasileira de Sinais: Investigando Aspectos de sua atuação na educação infantil e no ensino fundamental. Porto Alegre: Mediação, 2009.

MITTMANN, S. Notas do tradutor e processo tradutório: análise sob o ponto de vista discursivo. Porto Alegre: Ed. Da UFRGS, 2003.

MIOTO, Carlos; SILVA, Maria Cristina Figueiredo Silva; VASCONCELLOS, Ruth Elisabeth. Novo manual de sintaxe. Florianópolis: Insular, 2007.

PEREIRA, M. C. P. Interpretação Interlíngue: As especificidades da interpretação de Língua de Sinais. Cadernos de Tradução XXI, Vol. 1, p. 135-156. Florianópolis: UFSC, PGET, 2008.

QUADROS, R. M. de. O tradutor e intérprete de Língua Brasileira de Sinais e Língua Portuguesa. Brasília: MEC, Secretaria de Educação Especial, 2004.

__________________ O ‘bi’ em bilinguismo na educação de surdos. In: FERNANDES, E. (Org.). Surdez e bilinguismo. Porto Alegre: Mediação, 2005. p.7-20.

QUADROS, R. M. de.; KARNOPP, Lodenir. Língua de sinais brasileira: estudos linguísticos. Porto Alegre: ARTMED, 2004.

RODRIGUES, Rosângela Hammes.; CERUTTI-RIZZATTI, Mary Elizabeth. Linguística Aplicada. Florianópolis: LLV/CCE/UFSC, 2011.

SANTIAGO, V. de A. A. Português e Libras em Diálogo: os procedimentos de tradução e o campo do sentido. Libras em estudo: Tradução e interpretação. SãoPaulo: FENEIS, 2012.

WILCOX, Sherman; WILCOX, Phillis. Aprender a Ver. Trad. Tarcísio Leite. Rio de Janeiro: Arara Azul, 2005.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.