OS DESAFIOS DA INSTITUCIONALIZAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DA PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL DE ITAIPULÂNDIA-PR

Celso Sidinei Balzan, Paulino José Orso

Resumo


O presente trabalho situa-se no âmbito da história da educação e tem por objeto investigar os desafios da institucionalização da pedagogia histórico-crítica (PHC) nos anos iniciais do Ensino Fundamental da rede pública municipal de Itaipulândia-PR. Nele, procuramos analisar a trajetória educacional itaipulandiense articulada com as proposições e ações realizadas ao longo de vários anos, especialmente em 2010. Essas conquistas compõem atualmente a política pública educacional municipal que compreende programas que articulam formação com melhores condições de trabalho, de ensino e de aprendizagem. Com base na análise documental e bibliográfica, procuramos discutir e entender como os professores deste município elaboraram proposições a partir do estudo dos principais desafios que a pedagogia histórico-crítica enfrenta na educação brasileira, utilizando-se de experiências, programas e projetos educacionais das esferas estadual e federal. Ao abordar as condições concretas que incidem sobre a educação, a escola e a organização do trabalho didático, por meio da análise de sua trajetória histórico- educacional, pretendemos analisar o processo de institucionalização e implementação desta tendência pedagógica nos anos iniciais da educação básica do município de Itaipulândia. 


Palavras-chave


educação; história da educação; pedagogia histórico-crítica; anos iniciais do Ensino Fundamental de Itaipulândia-PR

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gmed.v5i2.9707

Direitos autorais 2018 Germinal: Marxismo e Educação em Debate

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Germinal: Marx. Educ. em Debate, Salvador - ISSN: 2175-5604.