OS FUNDAMENTOS PSICOLÓGICOS DA PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA E OS FUNDAMENTOS PEDAGÓGICOS DA PSICOLOGIA HISTÓRICO-CULTURAL

Ligia Marcia Martins

Resumo


Esse artigo visa a apresentar a unidade teórico-metodológica existente entre a pedagogia histórico-crítica e a psicologia histórico-cultural. Coloca em destaque, para além da afiliação de ambas as teorias ao materialismo histórico-dialético, as premissas básicas que apontam na direção da afirmação da educação escolar como condição de humanização dos indivíduos, bem como a transmissão dos conhecimentos historicamente sistematizados como uma das exigências para a consecução dessa finalidade. Nessa direção, visamos demonstrar que a pedagogia histórico-crítica contém, em sua interioridade, um sólido fundamento psicológico, coerentemente edificado por uma concepção histórico- cultural de homem, de sociedade e da natureza educativa que pauta a relação entre ambos por meio da atividade vital humana, isto é, por meio do trabalho. É no bojo desses fundamentos que a aliança entre essa teoria pedagógica e a psicologia histórico-cultural se evidencia.


Palavras-chave


Pedagogia histórico-crítica; psicologia histórico-cultural; conteúdos de ensino; educação escolar.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gmed.v5i2.9705

Direitos autorais 2018 Germinal: Marxismo e Educação em Debate

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Germinal: Marx. Educ. em Debate, Salvador - ISSN: 2175-5604.