PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA E SEXUALIDADE NA EDUCAÇÃO ESCOLAR: CONSIDERAÇÕES A PARTIR DA ANÁLISE DO TEMA “ORIENTAÇÃO SEXUAL ” NOS PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS

Marcio Magalhaes da Silva

Resumo


Este artigo analisa como o tema “orientação sexual” foi inserido no currículo oficial brasileiro a partir de alguns pressupostos da pedagogia histórico-crítica, tais como a definição de conhecimentos clássicos e o papel que essa corrente pedagógica atribui à educação escolar. Nesse sentido, questiona-se a relevância do tema para a formação individual e se apresentam algumas considerações sobre como ele poderia ser abordado nas escolas sob a perspectiva da superação da sociedade capitalista.

Palavras-chave


temas transversais; orientação sexual; sexualidade; pedagogia histórico-crítica.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gmed.v7i1.9684

Direitos autorais 2018 Germinal: Marxismo e Educação em Debate

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Germinal: Marx. Educ. em Debate, Salvador - ISSN: 2175-5604.