LAVAL, C. A Escola não é uma empresa: o neo-liberalismo em ataque ao ensino público. Londrina: Editora Planta, 2004. 324 p.

Renata Luiza Costa

Resumo


Christian Laval, intelectual francês, é sociólogo e especialista em história do pensamento liberal americano,  também conhecido como militante contra a globalização liberal da educação e as diversas tentativas de mercantilização do ensino. Seu livro “A Escola não é uma empresa: o neo-liberalismo em ataque ao ensino público” é a tradução brasileira, feita por Maria Luíza M. de Carvalho e Silva, do original “L’ecole n’est pas entreprise: le néo-libéralisme à l’assant de l’enseignement public”. A referida obra é fruto de profundas pesquisas e análises documentais dos documentos oficiais gerados por órgãos internacionais como a Comissão Européia e o Banco Mundial, dentre outros, e visa expor as relações ocultas entre os valores neoliberais e os discursos educacionais de desvalorização da escola e da família nos últimos quinze anos.

            O livro é dividido em três partes: I – A Produção do Capital Humano a Serviço da Empresa; II – A Escola sob o Dogma do Mercado; e III – Poder e Gerenciamento na Escola Neoliberal, onde o autor explica, a partir da crise de legitimidade pela


Palavras-chave


Resenha

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gmed.v7i2.9682

Direitos autorais 2018 Germinal: Marxismo e Educação em Debate

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Germinal: Marx. Educ. em Debate, Salvador - ISSN: 2175-5604.