Marx e Engels: a importância da leitura dos clássicos na formação do educador

Osmar Martins de Souza, Dalva Helena de Medeiros

Resumo


O presente texto tem como intento discutir a importância da leitura dos clássicos na formação do educador, dentre estes, Karl Marx (1818-1883) e Friedrich Engels (1820-1895), que são considerados os criadores de uma nova forma de compreensão da sociedade e por extensão da educação – o materialismo histórico-dialético. Eles demonstraram a necessidade do entendimento das relações sociais para discussão da educação e para tal, utilizaram algumas categorias fundamentais, como: totalidade, historicidade, práxis. Assim, a pretensão deste trabalho não é esgotar a temática proposta, mas suscitar e fomentar o debate dessa problemática.


Palavras-chave


Marx e Engels, clássicos, formação, educador.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gmed.v3i1.9495

Direitos autorais 2018 Germinal: Marxismo e Educação em Debate

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Germinal: Marx. Educ. em Debate, Salvador - ISSN: 2175-5604.