A CONSTITUIÇÃO HISTÓRICA DO PROCESSO DE TRABALHO DOCENTE

Samira Saad Pulcherio LANCILLOTTI

Resumo


O presente estudo tem por objeto a análise da constituição histórica do processo de trabalho docente, desde a transição do feudalismo para o capitalismo, até a contemporaneidade. O objetivo principal é apreender os impactos das transformações materiais da sociedade sobre o processo e a natureza do trabalho docente. As fontes da pesquisa são algumas das propostas educacionais mais desenvolvidas de cada tempo histórico, expressas em obras clássicas, e na produção historiográfica da área. Também são tomados para estudo textos clássicos da economia política e da administração científica. O referencial teórico metodológico é a ciência da história tal como concebida por Marx e Engels, a discussão assenta-se na teorização marxiana e marxista acerca da categoria trabalho. O trabalho está estruturado em cinco capítulos e considerações finais.

Palavras-chave


História da Educação, Trabalho, Processo de Trabalho, Trabalho Docente

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gmed.v4i2.9397

Direitos autorais 2018 Germinal: Marxismo e Educação em Debate

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Germinal: Marx. Educ. em Debate, Salvador - ISSN: 2175-5604.