CATEGORIAS FUNDAMENTAIS PARA A HISTORIOGRAFIA DA EDUCAÇÃO NA SEGUNDA DÉCADA DO SÉCULO XXI

Maria de Fátima Félix Rosar

Resumo


O texto apresenta breve análise da realidade produzida pelo desenvolvimento do capitalismo, na atualidade, destacando a necessidade de se recolocar no âmbito da historiografia da educação, na segunda década do século XXI, categorias fundamentais apreendidas na produção histórica do contexto nacional: Estado, Burocracia e Mercado. Evidencia estratégias do Estado capitalista no Brasil no processo de associação entre o setor público e o setor privado, para garantir a manutenção da educação sob a tutela do Estado. Faz ênfase na articulação a ser ampliada entre os educadores e pesquisadores críticos, para realizar um enfrentamento teórico-prático sistemático e intensivo, em face da investida do governo federal que tenta neutralizar a ação política das organizações sindicais dos educadores.

Palavras-chave


capitalismo; estado; burocracia; mercado; educação

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gmed.v4i2.9383

Direitos autorais 2018 Germinal: Marxismo e Educação em Debate

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Germinal: Marx. Educ. em Debate, Salvador - ISSN: 2175-5604.