O Capital contra a educação da classe trabalhadora

Elza Margarida de Mendonça Peixoto, Vania Pereira Moraes Lopes, Edson Espírito Santo Espírito Santo Filho, Itamar Silva Sousa

Resumo


Em especial, a análise dos documentos oficiais com os quais o Capital coordena a organização da vida social evidenciam a profundidade e a violência do ataque contra os interesses e necessidades dos trabalhadores. A direção da política econômica nestes documentos emitidos pelos órgãos centrais de gestão do capitalismo mundial, como o Banco Mundial, revelam os eixos de uma reestruturação das tarefas do Estado nas relações de produção capitalistas, com vistas a tornar mais agressivo seu direcionamento para o atendimento dos interesses do capital financeiro. Esta reforma impacta especialmente as políticas sociais e a política nacional de ciência e tecnologia. São a prova de uma ação orquestrada de ataques do capital contra a classe trabalhadora, que subordinama vida insignificante e excedente dos que produzem a riqueza – os trabalhadores – à gestão e ao controleda coisa pública conduzida, sob a perspectiva neoliberal, conforme os interesses do capital financeiro. Um ataque que evidencia o desespero pela preservação da acumulação privada assim como o desprezo e o sacrifício da força de trabalho que produz toda a riqueza social. Este Volume 11, Número 1 de Germinal expressa o esforço empreendido pelos intelectuais e educadores marxistas de realizar a crítica materialista e dialética desta conjuntura, enfrentando-a com radicalidade, reconhecendo o movimento da correlação de forças e os limites e possibilidades das políticas que foram possíveis no seio do embate entre capital e trabalho em nível mundial. São 25 manuscritos distribuídos nas seções Debates, Artigos, Entrevista, Documento e Resenha que, no conjunto, cumprem o papel de recuperar a lógica dos processos históricos, os agentes e os instrumentos que foram utilizados pelo Capital no processo coordenado de manter-se hegemônico no controle da produção da existência e na concentração de suas vantagens, mesmo quando parecia as dividir.

Palavras-chave


Política; Educação; Capitalismo

Texto completo:

PDF

Referências


Dirce Zan | Emmanuel Tourinho | Jamil Cury | Marcelo Knobel | Nelson Cardoso Amaral | Renato Pedrosa | Robert Verhine | Simon Schwartzman Relatório do Banco Mundial distorce dados e ignora a realidade do país, alertam especialistas. Jornal da UNICAMP. 30.11.2017. Disponível em: https://www.unicamp.br/unicamp/index.php/ju/noticias/2017/11/30/relatorio-do-banco-mundial-distorce-dados-e-ignora-realidade-do-pais-alertam Acesso em: 22.08.2019.

LEHER, Roberto. Banco Mundial: ajuste regressivo e antidemocrático. Correio da Cidadania. 28.11.2017. Disponível em: http://www.correiocidadania.com.br/2-uncategorised/12966-banco-mundial-ajuste-regressivo-e-antidemocratico Acesso em 22.08.2019.

SILVA, Mauri Antonio da. Análise crítica da proposta de reforma da previdência social no Brasil entre os anos 2016 e 2018 Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-66282019000200213 Acesso em: 05.09.2019 01:19.

PEREIRA, João Marcio Mendes. Dimensões da história do Banco Mundial como ator político, intelectual e financeiro Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2018000200301 Acesso em: 22. 08.2019.

LEHER, Roberto. Reforma do estado: o privado contra o público. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-77462003000200003&lng=en&nrm=iso&tlng=pt Acesso em: 27/08/2019 17h55

NOVOA, Jorge; BALANCO, Paulo. O estágio último do capital: a crise e a dominação do capital financeiro no mundo. Cad. CRH, Salvador , v. 26, n. 67, p. 87-104, abr. 2013. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-49792013000100007&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 06.09. 2019. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-49792013000100007.

Banco Mundial e a Educação. Disponível em: http://www.histedbr.fe.unicamp.br/navegando/glossario/verb_c_banco_mundial_%20e_educacao%20.htm. Acesso em: 14.09.2019.

Marx, Karl. O Capital: crítica da economia política. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1989.

OFFE, Clauss. Sistema educacional, sistema ocupacional e política da educação. Contribuição à determinação das funções sociais do sistema educacional. Educação e sociedade, n. 35, abril. 1990.




DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gmed.v11i1.33557

Direitos autorais 2019 Germinal: Marxismo e Educação em Debate

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Germinal: Marx. Educ. em Debate, Salvador - ISSN: 2175-5604.