Experiências pedagógicas para além do capital: análise do livro “fundamentos da escola do trabalho” de Pistrak

Israel Ramos Moreira

Resumo


“Fundamentos da Escola do Trabalho” reflete o espírito revolucionário da União Soviética na década de 1920, quando tentava-se construir as bases e os valores de uma sociedade socialista. O livro de Pistrak leva-nos a pensar sobre diferentes possibilidades a respeito da formação humana, visto que tendemos a limitar nossas pretensões de acordo com as concepções e visões de mundo predominantes e “naturalizadas” no nosso tempo. Os fundamentos apresentados na obra podem e devem servir-nos de orientação e inspiração para a construção de práticas educativas que almejem contribuir para a formação verdadeiramente crítica e emancipadora dos sujeitos.


Palavras-chave


Pistrak; Pedagogia socialista; Formação humana.

Texto completo:

PDF

Referências


PISTRAK, Moisey M. [1924]. Fundamentos da Escola do Trabalho. Tradução de Daniel Aarão Reis Filho. 3. ed. São Paulo: Expressão Popular, 2011. 192p.




DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gmed.v11i1.32215

Direitos autorais 2019 Germinal: Marxismo e Educação em Debate

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Germinal: Marx. Educ. em Debate, Salvador - ISSN: 2175-5604.