A preservação das comunas camponesas russas e a construção do socialismo:análise dos rascunhos de carta de Karl Marx - Vera Zasulitch (1881)

Marizete Andrade da Silva, Hormindo Pereira de Souza Júnior

Resumo


Este artigo problematiza sobre as comunas camponesas russas e suas possibilidades de transformação, para uma forma superior de organização socialista ou, para sua total desintegração, a partir dos quatro rascunhos de cartas e da resposta enviada de Karl Marx para Vera Zasulitch. Sob vários aspectos estes documentos são relevantes para compreender as questões agrárias daquele país no final do século XIX, dentre eles destaca-se sua interpretação substantiva das peculiaridades materiais da comuna camponesa, e, o potencial que essa forma social apresentava para constituir o núcleo de uma rota alternativa ao socialismo russo.


Palavras-chave


comunas camponesas, comunismo, Karl Marx, Vera Zasulitch

Texto completo:

PDF

Referências


J. Blum, Lord and Peasant in Russia: From the Ninth to the Nineteenth Century (Princeton University Press, 1961)

KEMP, Tom. A Revolução industrial na Europa do século XIX. Tradução de José Marcos Lima, Lisboa: Edições 70, 1987.

MARX, K.H.; ENGELS, F. Manifesto Comunista (trad. Álvaro Pina, São Paulo, Boitempo, 1998), p. 73. (N. T.)

MARX, Karl. Carta a Vera Zasulitch, 1881. In: SHANIN, Teodor. Marx tardio e a via russa – Marx e as periferias do capitalismo. São Paulo: Expressão Popular, 2017.

MARX, Karl. O capital: crítica à economia política. Rio de Janeiro: Bertrand do Brasil, 1991.

SHANIN, Teodor. Marx tardio e a via russa – Marx e as periferias do capitalismo. São Paulo: Expressão Popular, 2017.

SILVA.Ligia Maria Osorio. Lenin: a questão agrária na Rússia. Miolo_Rev_Critica_Marxista, 2012.




DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gmed.v11i1.28819

Direitos autorais 2019 Germinal: Marxismo e Educação em Debate

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Germinal: Marx. Educ. em Debate, Salvador - ISSN: 2175-5604.