A Resistência dos Estudantes no Modo de Produção Capitalista: considerações sobre o Movimento Estudantil Secundarista

Renata Bento Leme

Resumo


Resumo: A sociedade capitalista, com o modo de produção que visa à acumulação de capital, acaba por gerar grandes conflitos entre duas classes antagônicas: classe trabalhadora e classe dominante, e o Estado tende a gerir as políticas públicas a fim de atender interesses da classe dominante. Entretanto, a exploração demasiada por esse sistema, culminará na organização dos sujeitos explorados que, unidos em movimentos sociais, contestará a ordem vigente. Aos trabalhadores resta a resistência e a reivindicação de seus direitos. Este texto tem o objetivo de discutir sobre como a organização da sociedade capitalista culmina na resistência de estudantes, que integram o Movimento Estudantil Secundarista. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica que se embasa na metodologia do Materialismo Histórico.


Palavras-chave


Educação; Materialismo Histórico; Movimento Estudantil Secundarista.

Texto completo:

PDF

Referências


DUARTE, Newton. Vigotski e o “aprender a aprender”: crítica às apropriações neoliberais e pós-modernas da teoria vigotskiana. 2ª ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2001.

FRIGOTTO, Gaudencio. Os Circuitos da História e o balanço da educação no Brasil na primeira década do Século XXI. In: Revista Brasileira de Educação. V. 16, n. 46, 2011. p. 235-254. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v16n46/v16n46a13

FORACCHI, Marialice M. O estudante e a transformação da sociedade brasileira. São Paulo, Companhia Editora Nacional. 1977.

LENIN, V. I. O Estado e a Revolução. São Paulo: Hucitec. 1987

LEFEBVRE, O pensamento Marxista e a cidade. São Paulo: Ulisseia. 1972.

MARX, Karl. A Miséria da Filosofia. Tradução: José Paulo Netto. São Paulo: Global. 1979.

¬¬¬MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. A Ideologia Alemã. São Paulo: Martins Fontes. 1998

NETTO, José Paulo. O que é marxismo. São Paulo: Brasiliense. 2006

ROSA, Marcelo do Nascimento; NASCIMENTO, Aline Cristina. Marxismo e Movimento Social: um elo possível? Seminário Nacional de Teoria Marxista. Uberlândia, MG. 2014.

SADER, Emir. Prefácio. In: MÉSZÁROS, István. A educação para além do capital. 2.ed. São Paulo: Boitempo, 2008.

SHIROMA, E.; MORAES, M.; EVANGELISTA, O. Política educacional. 4ª ed. Rio de Janeiro: Lamparina, 2007.

WOOD, Ellen Meiksins. O que é (anti)capitalismo? Crítica Marxista, São Paulo, Ed. Revan, v.1, n.17, 2003, p.37-50.




DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gmed.v10i3.28639

Direitos autorais 2019 Germinal: Marxismo e Educação em Debate

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Germinal: Marx. Educ. em Debate, Salvador - ISSN: 2175-5604.