Nadezhda Krupskaia: por uma Educação Revolucionária

Samantha Lodi-Corrêa

Resumo


RESUMO
O centenário da Revolução Russa unido aos trabalhos que trazem à tona ações de mulheres revolucionárias permitiu que o nome de Nadezhda Krupskaia (1869-1939) fosse bem divulgado pelo Brasil no último ano.  Este artigo tem por objetivo apresentar algumas propostas da revolucionária foi considerada a primeira pedagoga comunista, em seu projeto de educação do “novo homem”.  Krupskaia debateu e agiu para uma formação onmilateral de crianças e jovens para a construção de uma sociedade sem classes, na qual os sujeitos fossem prioridade em detrimento do capital. Com autonomia de pensamento Krupskaia apresentou a escola livre enquanto espaço de educação revolucionária.
Palavras-chave: Nadezhda Krupskaia; Educação e revolução; História da educação.
 
 
RESUMEN
El centenario de la Revolución Rusa unido a las investigaciones que ponen de relieve las acciones de mujeres revolucionarias permitió que el nombre de Nadezhda Krupskaia (1869-1939) fuera bien divulgado por Brasil en el último año. Este trabajo tiene por objetivo presentar algunas propuestas de la revolucionaria fue considerada la primera pedagogía comunista, en su proyecto de educación del "nuevo hombre". Krupskaia debatió y actuó para una formación onmilateral de niños y jóvenes para la construcción de una sociedad sin clases, en la que los sujetos fueran prioridad en detrimento del capital.
Con autonomía de pensamiento Krupskaia presentó la escuela libre como espacio de educación revolucionaria.
Palabras-clave: Nadezhda Krupskaia; Educación y revolución; Historia de la educación.
 
ABSTRACT
The centenary of the Russian Revolution together with the works that bring about the actions of revolutionary women allowed the name of Nadezhda Krupskaia (1869-1939) to be well disclosed in Brazil last year. This article aims to present some proposals of the revolutionary was considered the first communist pedagogue, in her project of education of the "new man." Krupskaia debated and acted for an onmilateral formation of children and young people for the construction of a society without classes, in which the subjects were priority to the detriment of the capital. With autonomy of thought Krupskaia presented the free school as a space of revolutionary education.
Keywords: Nadezhda Krupskaia; Education and revolution; History of education.

Palavras-chave


Nadezhda Krupskaia; Educação e revolução; História da educação.

Texto completo:

PDF

Referências


ACHCAR, Gilbert. “A Revolução Russa de 1905”. In: LÖWY, Michel (org.) Revoluções. São Paulo: Boitempo, 2009. (tradução Yuri Martins Fontes)

BOBROVSKAIA, Tsetsiliia S. Nadezhda Krúpskaya: 1869-1939. Moscú: Editorial Progreso, 1940.

CARRÈRE d’ENCAUSSE, Hélène. L’URSS de la Révolution à la mort de Staline: 1917-1953. Paris: Éditions Points, 1993.

FREITAS, L C de. A luta por uma pedagogia do meio. In: PISTRAK, M. M. A Escola-Comuna. São Paulo: Expressão Popular, 2009.

HOBSBAWM, Eric. Era dos extremos: o breve século XX. 2.ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

KRÚPSKAYA, Nadezhda. Acerca de La educacion comunista: artículos y discursos. Moscú: Ediciones em lenguas extranjeras, 19--.

KRÚPSKAYA, Nadezhda. La educación laboral e la enseñanza. Moscú: Editorial Progreso, 1986.

KRUPSKAIA, N.K. Lenin (Recuerdos). Paris: Ediciones Europa-America, s.d.

KRUPSKAIA, Nadezda. Mi vida com Lenin (1893-1917). Santiago de Chile: Ediciones Ercila, 1937.

KRUPSKAYA, N.K. A construção da pedagogia socialista. São Paulo: Expressão popular, 2017

LENIN, V.I. Obras escogidas. Moscú: Progreso, 1961.

LODI, Samantha. Nadezhda Krupskaia: um estrela vermelha. Uberlândia, MG: Navegando publicações, 2018.

MANACORDA, M. A. História da educação: da antiguidade aos nossos dias. São Paulo: Cortez, 2002.

PISTRAK, Moisey M.(org.) A escola-comuna. São Paulo: Expressão Popular, 2009.

REIS FILHO, Daniel Aarão. As revoluções russas e o socialismo soviético. São Paulo: Unesp, 2003. (Coleção revoluções do século XX)

SCHNEIDER, Graziela (org.). A revolução das mulheres: emacipação feminina na Rússia soviética: artigos, atas, panfletos, ensaios. São Paulo: Boitempo, 2017.

SERGE, Victor. O ano I da Revolução russa. São Paulo: Ensaio, 1993.

TRAGTENBERG, Maurício. A Revolução Russa. São Paulo: Faísca, 2007.




DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gmed.v10i3.27387

Direitos autorais 2019 Germinal: Marxismo e Educação em Debate

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Germinal: Marx. Educ. em Debate, Salvador - ISSN: 2175-5604.