O trabalho como referência educacional na formação do homem soviético

Vanderlei Amboni

Resumo


O presente artigo trata da ação pedagógica desenvolvida no período revolucionário da URSS para forjar o homem soviético, cujo fundamento é o trabalho na busca da omnilateralidade do homem. Neste processo, a escola única do trabalho foi materializada, vinculando a organização da vida escolar ao trabalho produtivo na produção da vida material da nova sociedade. Para esse fim, as referências de estudos são os pedagogos russos Krupskaia, Lunatcharski, Makarenko e Pistrak, que teorizaram sobre educação a partir do trabalho e das práticas educacionais formativas do homem soviético. Nosso objetivo é mostrar o processo educacional balizado sobre as premissas de Marx, cuja raiz é o trabalho como princípio educativo na educação comunista. Nesta perspectiva de estudo, partimos do método do materialismo histórico e dialético, cuja premissa básica é o homem real, que na luta pela vida se afastou da barreira natural e necessita produzir sua existência diuturnamente, e isso ele o faz pela ação do trabalho. No método de investigação, fizemos a leitura dos documentos históricos produzidos por teóricos educacionais no desenvolvimento da pedagogia russa. No método de exposição, realizamos a análise e a interpretação dos dados pertinentes às experiências educacionais, que foram desenvolvidas no processo revolucionário da URSS para a formação do homem socialista. Neste processo, concluímos que a escola criada pelo trabalho na Rússia revolucionária tinha, portanto, uma singularidade nova e uma urgência educacional, cuja premissa é a formação de um novo homem pelo trabalho e uma nova moral social: a comunista.


Palavras-chave


Trabalho; Pedagogia Soviética; Formação; Homem Soviético.

Texto completo:

PDF

Referências


BOLIEZ JUNIOR, Flávio. Pistrak e Makarenko: Pedagogia Social e Educação do Trabalho. (Dissertação de Mestrado) São Paulo: Universidade de São Paulo, 2008.

CAMBI, Franco. História da Pedagogia. São Paulo: Editora UNESP, 1999.

CAPRILES, René. Makarenko – o nascimento da pedagogia socialista. 2ª Ed. São Paulo: Editora Scipione, 2007.

FROMM, Erich. O medo à liberdade. 4. ed. Rio de Janeiro: Zahar Editores, s/d.

FROMM, Erich. Meu encontro com Marx e Freud. 4. ed. Rio de Janeiro, Zahar, 1967.

KRUPSKAIA, Nadeshda. Acerca de la educación comunista. Madrid: Nuestra Cultura, 1978.

LENIN. V. Tarefas da juventude na construção do socialismo. In. As tarefas revolucionárias da juventude. 4. Ed. São Paulo: Expressão Popular, 2005.

LUNATCHARSKI, A. V. Artigos e discursos sobre a instrução e a educação. Moscovo: Edições Progresso, 1988.

LUNATCHARSKI, A. V. A Educação na Rússia Revolucionária. Jornal Livro. V. I, n° 10. Outubro de 2002a.

LUNATCHARSKI, A. V. A Educação na Rússia Revolucionária. Jornal Livro. V. II, n° 10. Dezembro de 2002b.

MAKARENKO, Anton Semiônovitch. Tradução por G. N. Filonov; In: BAUER, C. Buffa, E. (orgs.). Anton Makarenko. (Coleção Educadores), Recife: Fundação Joaquim Nabuco: Editora Massangana, 2010.

MARX, Karl. Instruções para os Delegados do Conselho Geral Provisório. As Diferentes Questões. Obras Escolhidas, tomo II. Lisboa, Edições Avante: 1983.

PÉREZ, Samuel Ubaldo. La educación politécnica vs educación polivalente una discusión pedagógica. In. http://www.fchst.unlpam.edu.ar/iciels/077.pdf. Acessado em 23 de maio de 2012.

PRESTES, Zoia; TUNES, Elizabeth. Anatoli Vassilievitch Lunatcharski e os princípios da escola soviética. In. Movimento - Revista de Educação, Niterói, ano 4, n.6, p.254-271, jan./jun. 2017.

SAVIANI, Dermeval. Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos. In Revista Brasileira de Educação. V. 12. N° 34. Janeiro/Abril, 2007.

SILVA, Valdomiro Ribeiro da. Educação e Diversidade Cultural. s/d. In. www.ufscar.br/~crepa/Textos...por.../Valdomiro_Silva.doc. Acessado em 15 de junho de 2013.

PISTRAK, M. M. Fundamentos da escola do Trabalho. São Paulo: Expressão Popular, 2000.

VYGOTSKY, Lev. A Transformação Socialista do Homem. 1930. Tradução Nilson Dória. In. http://www.marxists.org/portugues/vygotsky/1930/mes/transformacao.htm. Acessado em 12 de maio de 2013.




DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gmed.v9i3.24508

Direitos autorais 2018 Germinal: Marxismo e Educação em Debate

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Germinal: Marx. Educ. em Debate, Salvador - ISSN: 2175-5604.