TRABALHO E EDUCAÇÃO NA PERSPECTIVA SOCIALISTA: A EXPERIÊNCIA DE PISTRAK NA ESCOLA COMUNA

Adilene Gonçalves Quaresma

Resumo


O artigo  apresenta a experiência do pedagogo russo Moisey Mikhailovich Pistrak (1888-1937), um dos líderes ativos das duas primeiras décadas de construção da escola soviética e do desenvolvimento da pedagogia marxista. O texto estrutura-se em dois eixos. O primeiro apresenta, em linhas gerais, as bases e os princípios que orientaram a Escola do Trabalho durante a Revolução Russa e o segundo apresenta a experiência de Pistrak e uma equipe de educadores na escola-comuna que dirigiu durante o período de 1918 a 1923.  Considera-se a obra de fundamental importância no que se refere aos aspectos pedagógicos da relação trabalho-educação naquilo que foi a experiência socialista e referência para a construção de processos educativos que tomam o trabalho como princípio educativo, bem como a autogestão e o coletivismo. Além de divulgar as experiências educativas desenvolvidas durante a construção do socialismo na Rússia Soviética após a Revolução de 1917.


Palavras-chave


Trabalho e Educação. Escola do Trabalho. Pistrak. Formação Integral. Prática Educativa.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gmed.v10i2.24443

Direitos autorais 2018 Germinal: Marxismo e Educação em Debate

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Germinal: Marx. Educ. em Debate, Salvador - ISSN: 2175-5604.