Apontamentos sobre o legado da Revolução Russa de 1917

Marco Antonio de Oliveira Gomes, Marilsa Miranda de Souza, Márcio Marinho Martins

Resumo


O presente artigo retoma o legado da Revolução Russa como um marco significativo na luta dos trabalhadores de todo o mundo. A ação dos bolcheviques em outubro de 1917 inaugurou o século XX e constituiu-se em um marco na luta dos trabalhadores pela sua emancipação. A análise do processo revolucionário na URSS implica na compreensão das condições efetivas que buscaram romper com a lógica do capital, nas circunstâncias demarcadas pela Primeira Guerra (1914-18) e da Guerra Civil (1918-21) que se seguiu. Verifica-se, a partir das evidências práticas, uma série de conquistas que contribuíram para a superação de práticas de exploração dos trabalhadores. Discute-se a atualidade da revolução e a necessidade de rememorar sua história, os problemas enfrentados pelos revolucionários diante do caos gerado pelo czarismo e pela guerra e o legado da revolução de outubro.


Palavras-chave


Revolução Russa; Bolcheviques; Capitalismo; Comunismo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gmed.v9i3.24275

Direitos autorais 2018 Germinal: Marxismo e Educação em Debate

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Germinal: Marx. Educ. em Debate, Salvador - ISSN: 2175-5604.