FORMAÇÃO DO ADOLESCENTE NO ENSINO MÉDIO INTEGRADO: CONTRIBUIÇÕES DOS ESTUDOS DE VIGOTSKI

Priscila de Souza Chisté

Resumo


O artigo em tela tem como objetivo compreender a importância do Ensino Médio Integrado como um modo de contribuir com a formação do adolescente. Para tanto, dialoga com autores que analisam a trajetória da Educação Profissional no Brasil, e de modo mais especifico, o Ensino Médio Integrado. Apresenta pressupostos da Psicologia Histórico-Cultural no que se refere ao adolescente e a importância da educação escolar, com o objetivo de conhecer suas peculiaridades psicológicas e entender a importância do Ensino Médio Integrado como mediador dessa formação. Utiliza como abordagem metodológica a pesquisa bibliográfica e documental tendo em vista que recorre a livros, dissertações, teses e legislações para discorrer sobre o assunto. Conclui que o Ensino Médio Integrado é um lócus propício para a formação integral desde que suas bases estejam sustentadas pelas ideias de formação politécnica, integral e omnilateral. 


Palavras-chave


Ensino médio integrado; adolescência; formação humana

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gmed.v9i2.14432

Direitos autorais 2018 Germinal: Marxismo e Educação em Debate

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Germinal: Marx. Educ. em Debate, Salvador - ISSN: 2175-5604.