AUTONOMIA E DEMOCRACIA NA ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO NA ESCOLA PÚBLICA

Robinson Barros Mendonça, Giovanni Felipe Ernst Frizzo

Resumo


O presente ensaio pretende discutir a autonomia e democracia na organização do trabalho pedagógico da escola pública a partir da compreensão da função social da escola na atualidade e das construções teóricas que rompem com o modelo de educação voltada ao mercado. A partir dos elementos apontados na discussão, O estabelecimento dos objetivos educacionais na escola são concebidos por mecanismos criados através das políticas educacionais de avaliação externa e do financiamento do sistema escolar brasileiro. Os professores são colocados à margem das definições a respeito do seu próprio trabalho na escola, o que se pode suscitar a respeito do alunado arrolado no contexto escolar a reproduzir e obedecer, sob o discurso propagado de que assim, se tornará mais crítico, autônomo e cidadão, no entanto, alienado do processo e do produto do seu trabalho, pois os objetivos do trabalho pedagógico respondem a interesses e demandas do capital e não dos sujeitos envolvidos.

Palavras-chave


educação escolar; autonomia; democracia.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gmed.v9i1.13859

ISSN: 2175-5604