ERA DA INDETERMINAÇÃO? FRANCISCO DE OLIVEIRA E PROCESSO DECISÓRIO POLÍTICO NO BRASIL CONTEMPORÂNEO.

Lucas Patschiki

Resumo


Neste artigo discutiremos algumas conclusões de Francisco de Oliveira em relação ao processo decisório político, à democracia e ao Estado brasileiro contemporâneo – atentando para o que denomina “era da indeterminação”, base para suas teses posteriores, como da “hegemonia às avessas”. Partimos de um lugar semelhante, buscando as mudanças na política e no Estado a partir das transformações realizadas na transição democrática e das exigências da implementação do projeto ultraliberal, relacionando estas com a minimização do poder decisório político dos partidos, assim buscando a importância da organização da classe dominante em instâncias da sociedade civil.


Palavras-chave


Estado; Poder; Marxismo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gmed.v7i2.13118

Direitos autorais 2018 Germinal: Marxismo e Educação em Debate

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Germinal: Marx. Educ. em Debate, Salvador - ISSN: 2175-5604.