EDUCAÇÃO ESCOLAR E ACESSO AO CONHECIMENTO: O ENSINO COMO SOCIALIZAÇÃO DA LIBERDADE DE PENSAR

Angelo Antonio Abrantes

Resumo


O objetivo deste artigo é refletir sobre a relação entre a educação escolar e o desenvolvimento do pensamento no indivíduo, identificando na Pedagogia Histórico Crítica apoio teórico à tese de que a educação e o ensino são determinações centrais para a formação da consciência. Apontamos a dimensão política do problema da socialização do conhecimento, defendendo que disseminar o vínculo teórico com a realidade é objeto da luta de classes. Destacamos que a educação escolar se justifica como mediação fundamental para o desenvolvimento do pensamento teórico, pois o ato de pensar pressupõe pensar um objeto, assim, não é possível considerar a práxis educativa esvaziada de conteúdos escolares.


Palavras-chave


Pensamento teórico, Ensino, Pedagogia histórico-crítica

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gmed.v7i1.12406

Direitos autorais 2018 Germinal: Marxismo e Educação em Debate

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Germinal: Marx. Educ. em Debate, Salvador - ISSN: 2175-5604.