FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL NA PERSPECTIVA DA FORMAÇÃO AMPLIADA: CONTRIBUIÇÕES DA PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA

Cristiane Guimarães de Lacerda

Resumo


O presente estudo tem como objeto a delimitação dos conhecimentos necessários para a formação de professores de Educação Física para tratar a cultura corporal na Educação Infantil na perspectiva da formação ampliada. Para isto partimos do seguinte problema: Quais os conhecimentos que os professores de educação física devem dominar para atuar na educação infantil - a partir da especificidade do trato com a cultura corporal - contribuindo para o desenvolvimento da humanidade em cada indivíduo singular? Estes conhecimentos estão previstos no PPP da Licenciatura Plena em Educação Física de Caráter Ampliado da UFBA (Universidade Federal da Bahia)? Considerando este objeto, delimitamos como objetivo geral estudar (a) a teoria histórico-cultural; (b) a pedagogia histórico-crítica e a (c) metodologia crítico-superadora com o fim de delimitar os conhecimentos que os professores de Educação Física devem dominar para atuar na Educação Infantil na perspectiva da formação humana omnilateral; (d) reconhecer se estes conhecimentos estão presentes no PPP do Curso de Licenciatura Plena em Educação Física de Caráter Ampliado da Ufba e nos planos de curso das disciplinas de Prática de Ensino. Nossas hipóteses são (1) há possibilidade de disputa por um projeto de formação de professores de Educação Física que atenda aos anseios da classe trabalhadora, na perspectiva da omnilateralidade; (2) que a formação de professores de Educação Física na perspectiva da formação ampliada deve estar assentada na concepção materialista e dialética da história enquanto teoria do conhecimento; na psicologia histórico-cultural como teoria do desenvolvimento humano; na pedagogia histórico-crítica como teoria educacional e na metodologia crítico-superadora, e que (3) os documentos que norteiam o currículo de Licenciatura em Educação Física da Ufba, apresentam em sua estruturação estes elementos básicos. O estudo em questão configura-se em uma pesquisa bibliográfica e documental, para isso adotamos como referencia Marconi e Lakatos (2010), Severino (2007) e Guedes (1997). Para a pesquisa documental foi considerado o Projeto Político Pedagógico do Curso de Licenciatura em Educação Física da Universidade Federal da Bahia, e os programas de ensino das disciplinas Prática de Ensino da Educação Física I, II, III e IV, pois estes são os componentes curriculares do Eixo Práxis já desenvolvidos até a conclusão da pesquisa. Como resultado da pesquisa, podemos inferir que os principais conhecimentos a serem dominados pelo professor de Educação Física que irá atuar junto as crianças, devem ser o domínio da teoria do desenvolvimento e da aprendizagem e das teorias pedagógicas. Constatamos que estes não estão previstos nos documentos analisados. No entanto, de uma maneira geral o PPP da Ufba traz o materialismo histórico dialético, a psicologia histórico-cultural, a pedagogia histórico-crítica e a metodologia crítico superadora como teorias que o embasa, portanto, é um currículo que demonstra compromisso com a classe trabalhadora apontando para outro modelo de sociabilidade.


Palavras-chave


Formação ampliada; Educação Infantil; Educação Física.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gmed.v7i1.12391

Direitos autorais 2018 Germinal: Marxismo e Educação em Debate

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Germinal: Marx. Educ. em Debate, Salvador - ISSN: 2175-5604.