A ELABORAÇÃO DA MEMÓRIA NA DANÇA CONTEMPORÂNEA E A ARTE DA CITAÇÃO

Isabelle Launay, Tradução de Ana Teixeira

Resumo


Ao indagar-se, no início de seu texto, sobre como pensar o tempo de vida de um gesto de dança, a pesquisadora Isabelle Launay instiga o leitor a problematizar as questões que concernem à ideia, vigente, de que a história da dança se dá por processos de transmissão. A tradução deste artigo tem como objetivo central disponibilizar a hipótese aqui apresentada, relativa à importância de se levar em consideração o processo de esquecimento na dinâmica da memória, o que possibilitaria um entendimento da história para além de um eixo temporal linear.

Palavras-chave


Isabelle Launay; Gesto; Memória; Esquecimento; Citação; Recriação.

Texto completo:

PDF


Dança: Revista do Programa de Pós-Graduação em Dança - ISSN: 2317-3777
Qualis 2013-2016: Artes (C); Comunicação e Informação (B5); Educação (C); Sociologia (B5).
 
Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 3.0 Não Adaptada.