AVALIAÇÃO CLÍNICA DA LARGURA DA BASE NASAL NA EXPANSÃO CIRÚRGICA DE MAXILA CLINICAL EVALUATION OF NASAL BASE WIDTH IN MAXILA SURGICAL EXPANSION

Italo Cordeiro de Toledo, Giovanni Gasperini, Sanyra Lopes Dias Rocha, Joaquim de Almeida Dultra, Christiano Sampaio Queiroz, Uander de Castro Oliveira

Resumo


O tratamento das deformidades dentofaciais é freqüentemente complicado
pela existência de discrepâncias na dimensão transversal da
maxila. A disjunção cirúrgica da maxila é uma técnica eficaz no tratamento
dessas deformidades, entretanto, tem se observado um alargamento
da base alar após o procedimento cirúrgico. Objetivo: Avaliar a
alteração da base nasal em pacientes submetidos à expansão cirúrgica
de maxila, com e sem a realização da plicatura nasal. Metodologia:
Foi proposto um estudo com 21 indivíduos com média de idade de 16
a 36 anos, com deficiência transversal da maxila. Foram selecionados
pacientes submetidos a disjunção cirúrgica de maxila operados pelo
serviço de CTBMF do Hospital Santo Antônio – OSID e divididos em
dois grupo: Os pacientes que receberam Plicatura nasal e os pacientes
que não receberam. Resultados: Pode-se observar um alargamento da
base nasal de 85,71% , possibilitando que existe alteração na base alar
quando é realizado esse tipo de tratamento. Conclusões: Verificamos
que ocorre um alargamento da base alar após a disjunção cirúrgica da
maxila, porém com a utilização da técnica de plicatura nasal houve
uma diminuição desse alargamento.

 

ABSTRACT

treatment of dentofacial deformities is often complicated by the
existence of discrepancies in the transversal dimension of the maxilla.
The surgical disjunction of the maxilla is an effective technique in the
treatment of these deformities, however, an enlargement of the alar
base has been observed after the surgical procedure. Aim: to evaluate
the alteration of the nasal base in patients submitted to surgical expansion
of the maxilla, with and without nasal plication. Methodology: A
study was proposed with 21 individuals with a mean age of 16 to 36
years, with transversal maxillary deficiency. Patients who underwent
surgical disjunction of the maxilla operated by the CTBMF service of
the Santo Antônio Hospital - OSID were selected and divided into two
groups: Patients who received nasal plication and patients who did not
receive. Results: A widening of the nasal base of 85.71% can be observed,
allowing alterations in the alar base when this type of treatment
is performed. Conclusions: We found a widening of the alar base after
the surgical disjunction of the maxilla, but with the nasal plication technique
there was a decrease of the enlargement.



Palavras-chave


Maxila, expansão de maxila, deformidade dento facial,Maxilla, maxillary expansion and facial tooth deformity

Texto completo:

Sem título


ISSN 0101-8418
Publicação Quadrimestral
Faculdade de Odontologia da Universidade Federal da Bahia
Av. Araújo Pinho 62, Canela
40110-150 Salvador-BA