O ESTATUTO HISTÓRICO DA CIÊNCIA SOCIAL NA ADMINISTRAÇÃO POLÍTICA

FERNANDO PEDRÃO

Resumo


A historicidade da ciência social é o fundamento de identidade enquanto ciência e a proposta de uma administração  ideologicamente responsável é parte dessa condição. A começar por uma revisão da influência do positivismo na formação do sistema de poder e no campo científico, propõe-se desenvolver uma leitura crítica do modo de praticar as ciências sociais. A alienação é um traço fundamental da sociedade mundializada desigual e nos encontramos na necessidade de desenvolver um discurso crítico da ciência social que atinge sua operacionalidade. Torna-se necessário denunciar a perda de sentido histórico no modo de divulgar conhecimento, mesmo no ambiente universitário. Ao ver como se projeta a ideologia do individualismo e como se aparelha um estilo de análise a serviço do grande capital, levanta-se a necessidade de um esforço de superação dessa ciência social submissa.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.