ANTECEDENTES DA ADMINISTRAÇÃO II: O LEGADO ESQUECIDO DAS EXPERIÊNCIAS HISTÓRICAS. O PAPEL DA ADMINISTRAÇÃO NA ORGANIZAÇÃO DO ESTADO RUSSO PÓS-REVOLUÇÃO DE 1917

FRANCISCO FONSECA

Resumo


O texto objetiva analisar como a Revolução Russa representa uma linha de continuidade em relação à Comuna de Paris em dois sentidos: a) teoricamente, por meio das ideias de Lênin sobre o papel da revolução quanto ao Aparelho do Estado e à Administração Pública; b)  concretamente, devido às transformações que procurou implementar no início da revolução em relação à industrialização e à administração. Procura, também, refletir sobre o pensamento leninista, observando suas contradições e inovações teóricas, assim como vinculá-lo ao ideário de Marx e Engels. Conclui que, embora a revolução não tenha cumprido suas promessas, trata-se de uma experiência fundamental à reflexão contemporânea, tanto em termos teóricos como empíricos, o que implica que seu legado deve ser refletido.


Palavras-chave: Revolução Russa; história; administração; aparelho do Estado; contemporaneidade.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.