As poéticas contemporâneas, seus dispositivos e a instalação do conceito de memória

Daniel Jorge Sánchez

Resumo


O presente trabalho aborda o estudo das poéticas contemporâneas das artes visuais na Argentina vinculadas à ação política e social, a partir do desenvolvimento histórico do dispositivo performático, desde a sua instalação na República Argentina como parte do processo estético modernizador, promovido pela política exterior dos Estados Unidos, até a sua transformação em ferramenta do protesto e reivindicação dos direitos humanos e sociais e o particular conceito de memória coletiva, construído no mesmo país, a partir das crises geradas pela violação dos direitos humanos durante a última ditadura militar e a crise social instalada pelas políticas neoliberais dos anos 90.

Palavras-chave


Arte; performance; memória; direitos humanos e sociais



Cultura Visual

ISSN 2175-084X (versão eletrônica) ISSN 1516-893X (versão impressa)
Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia
Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais (PPGAV)
R. Araújo Pinho 212, Canela, Salvador-Bahia-Brasil, 40110-150
Tel.: (71) 3283-7923 Fax: (71) 3283-7916
Email: mesarte@ufba.br