Economia Criativa e Inovação: Pequenas empresas em Porto Alegre

Sandro Ruduit Garcia

Resumo


O artigo empenha-se em indagar: Como ocorre o processo de crescimento de “pequenas empresas criativas”? A proposta é analisar as estratégias produtivas e tecnológicas desse tipo de empresa e suas implicações nas chances de geração de inovações econômicas.
Com base em entrevistas semiestruturadas realizadas com gestores de 15 pequenas empresas ligadas a setores da economia criativa na cidade de Porto Alegre, podem-se delinear dois tipos de trajetórias no processo de crescimento: a criação de inovações incrementais e a imitação de inovações. Os empreendedores criativos parecem constituir seus negócios desde a identificação de novos espaços de mercado para produtos criativos, na cidade, no país e mesmo no exterior.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/pcr.v9i2.17565


Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 4.0 Internacional.