A alteridade aplicada a políticas publicas de comunicação para a diversidade cultural

Vivianne Lindsay Cardoso

Resumo


A partir da Nova Teoria da Comunicação propõe-se pensar como as políticas públicas de comunicação voltadas à diversidade cultural deveriam ser regulamentadas nos âmbitos legislativos junto ao Estado, construindo um diálogo com a fundamentação do “Si-mesmo como um outro” e complementada pela Teoria das Mediações. Com o suporte da pesquisa bibliográfica e documental, a experiência da aplicação cria uma carga de referencialidade do outro próxima de sua realidade que pode contribuir para uma regulamentação mais efetiva.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/pcr.v9i2.16696


Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 4.0 Internacional.