Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista Políticas Culturais em Revista?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

Os artigos publicados e as referências citadas em Política Cultural em Revista são de inteira responsabilidade de seus autores.

 

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. Política Cultural em Revista é um periódico eletrônico que aceita para publicação material inédito sobre Política Cultural e temáticas correlatas, na forma de artigos e ensaios resultantes de estudos teóricos e/ou pesquisas. Os textos poderão ser em português, espanhol, inglês, francês ou italiano. Somente serão aceitos artigos que tenham entre seus autores um doutorando ou um doutor. Exceção feita às resenhas cuja autoria poder ser de mestrandos. A publicação de artigos que não foram encomendados está condicionada à emissão de parecer do conselho Editorial.
    Os artigos têm que ser inéditos em periódicos científicos. Se tiver sido apresentado e/ou publicado em Anais de encontros científicos indicar em nota de rodapé a referida apresentação e/ou publicação.
  2. Os trabalhos deverão ter a extensão de 30.000 a 40.000 caracteres (com espaço e incluindo notas de rodapé e referências), digitados em versão Word for Windows 6.0 (ou mais recente), espaçamento 1,5, formato de página A4, fonte Times New Roman 12.
  3. As resenhas não devem ultrapassar 10.000 caracteres, incluídos os espaços.
  4. Os artigos e ensaios deverão conter: A - título, nome do(s) autor(es), em nota de rodapé o programa ou instituição ao qual está vinculado e endereço eletrônico; B - Resumo de até 10 linhas em português e em inglês, quatro palavras-chave.
  5. O sistema de citação adotado é o autor-data. As notas explicativas, quando necessárias, deverão vir no rodapé.
  6. Os autores que pretendem publicar artigos com regularidade na revista devem aguardar três números consecutivos para tanto.
  7. Os textos a ser submetidos devem seguir as recomendações abaixo a respeito de recursos tipográficos, citações e referências:

    ESPECIFICAÇÃO DAS NORMAS

    Para o corpo do texto

    Recurso tipográfico: Negrito deve ser utilizado para ênfases ou destaques no texto, enquanto o recurso Itálico deve ser reservado para palavras em língua estrangeira e para títulos de obras citados no corpo do texto (Ex. Políticas Culturais em Revista). Por sua vez, capítulos, contos, ou partes de uma obra devem ser apresentados entre aspas.


    Citação no texto: As menções a autores devem subordinar-se à forma (AUTOR, data) ou quando for necessário especificar página(s), essa(s) deverá(ão) seguir a data, separada(s) por vírgula e precedida(s) de p. (AUTOR, data, p.), como nos exemplos: (ASSIS, 1980) e (ASSIS, 1980, p.10). Se o nome do autor estiver citado no texto, indica-se apenas a data entre parênteses: Assis (1995) assinala...

    As citações de diversas obras de um mesmo autor, publicadas no mesmo ano, devem ser discriminadas por letra minúscula após a data, sem espacejamento (ALMEIDA, 1927a) (ALMEIDA, 1927b).

    Quando a obra tiver dois ou três autores, separa-se por ponto e vírgula e, quando tiver mais de três autores, indica-se o primeiro seguido da expressão et al. (GILLE et al.).

    Citações de até 3 linhas devem vir entre aspas, seguidas do nome do autor, data e página e sem aspas e sem negrito, itálico ou sublinhado.

    Com mais de três linhas, devem vir com recuo de 4 cm na margem esquerda, corpo menor (fonte11), também seguidas do nome do autor, data e página e sem aspas e sem negrito, itálico ou sublinhado.

    As citações em língua estrangeira devem vir em itálico.

    Exemplo 1 - Citação direta, com mais de três linhas:

    Assim acrescenta Rubim (2007, p. 28),


    [...] com exceção de algumas políticas setoriais, como a de bibliotecas e patrimônio (Projeto Monumenta) e a legislação acerca do patrimônio imaterial, o longo período de oito anos de estabilidade da direção do Ministério da Cultura, contraposto ao quadro anterior de instabilidade, pouco colaborou para a consolidação institucional do Ministério.


    Exemplo 2 - Citação direta, com menos de três linhas:

    O homem não pode viver fora da cultura, mas ela não pode ser seu destino, mas sim um meio para sua liberdade: "[...] não somos humanos fora da cultura, mas não seremos homens livres se não pudermos, sempre que necessário, assumir uma posição de exterioridade com relação ao mundo social." (ROUANET, 1993, p.276).

    Exemplo 3 - Citação indireta:

    Para Marilena Chaui (1986), estes oscilam entre a posição de "ilustrados", donos da opinião pública, ou de "Vanguarda Revolucionária" e educadora do povo.

    Exemplo 4 - Citação de vários autores.

    Se o regime censura e promove as artes, o que já é uma atitude ambígua, por outro, encontra grande receptividade entre setores intelectuais e artísticos, motivada por razões as mais diversas, como podemos deduzir das colocações dos autores citados acima. (CHAUI, 1986; RAMOS, 1982; MICELI, 1985, HOLANDA; GONÇALVES, 1980; SUSSEKIND, 1985).

    Exemplo 5 - Citação de várias obras do mesmo autor:

    Os processos de globalização envolvem fenômenos que do ponto de vista analítico são econômicos, políticos e culturais; por exemplo: fluxos migratórios e de comunicações, práticas transnacionais de diversos tipos de atores; politização global de idéias de etnicidade, raça, sociedade civil, democracia, cidadania, gênero, ecologia e outras; a reorganização transnacional dos aparatos de estado, entre outros, conforme aponta Mato (1996, 2000, 2001, 2003, 2004a, 2004b, 2005).

    Exemplo 6 - Citação de Citação:

    Autonomia significa a capacidade de auto-reflexão e autodeterminação dos indivíduos: "[...] deliberar, julgar, escolher e agir diante de diferentes cursos de ação possível". (HELD apud GIDDENS, 1993, p.202).


    Notas: Devem ser reduzidas ao mínimo, destinadas às explicações complementares e colocadas no pé de página. As remissões para o rodapé devem ser feitas por números, na entrelinha superior.

    Anexos e apêndices: Só quando absolutamente necessários
    Tabelas: Numeradas consecutivamente com algarismos arábicos e com títulos.
    Figuras: As figuras incluídas no texto, devem ser apresentadas em arquivo-imagem, nos formatos: .bmp, .gif, .ipg, .jpg, .cdr, .pcx, ou .tiff.

    Referências: As Referências devem conter exclusivamente os autores e textos citados no trabalho e ser apresentadas ao final do texto, em ordem alfabética, obedecendo às normas atualizadas da ABNT, isto é, pelo sobrenome do primeiro autor, alinhadas à margem esquerda, em espaço simples e separadas entre si por espaço 1,5 cm entrelinhas. Não colocar asterisco, traço, ponto ou qualquer marca no início da referência. Exemplos:

    Livros:

    RUBIM, A. A. C. Bibliografia sobre políticas culturais no Brasil. Salvador: UFBA, 2006.

    Capítulos de livros:

    BARBALHO, A. Os lugares e práticas da Secretaria de Cultura. In: BARBALHO, A. Relações entre Estado e cultura no Brasil. Ijuí: Unijuí, 1998. p.119-139.

    Dissertações e teses:

    VIEIRA, M. P. Política Cultural na Bahia: o caso do Fazcultura. 2004. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Comunicação, Universidade Federal da Bahia, 2004.

    Artigos de Periódicos:

    BRECHT, B. Cinco maneiras de dizer a verdade. Margem esquerda, São Paulo, n.8, p.193-206, 2006.

    Artigo de Jornais:

    SIMIS, A. De volta aos anos 20? Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 1 jul. 1990. Idéias/Ensaios, p.11.

    Entrevistas:

    DRUMMOND, R. A pior censura é a dos próprios intelectuais. [nov. 1978]. Entrevistador: Charles Magno Medeiros. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, p. 4, 11 nov. 1978a.

    Eventos:

    RUBIM, A.; RUBIM, I.; VIEIRA, M. P. Políticas e redes de intercâmbio e cooperação cultural no âmbito Ibero-americano. In: ENCONTRO DE ESTUDOS MULTIDISCIPLINARES EM CULTURA, 1., 2005, Salvador. Anais... Salvador: Enecult, 2005. p.3-5.

    Publicação on-line:

    COY, P. The creative economy: the 21 century corporation. Business Week, New York, Aug. 2001. Special double issue. Disponível em: http://www. .......... Acesso em : 12 out. 2001.

    Avaliação

    A pertinência para publicação será avaliada pela Comissão Editorial e por pareceristas ad hoc, no que diz respeito à adequação ao perfil da revista, ao conteúdo e à qualidade das contribuições. A avaliação poderá considerar o artigo aprovado, aprovado com a devida alteração indicada pelo parecerista ou recusado. Os autores serão informados sobre os textos não aceitos para publicação.

    Responsabilidade e direitos autorais

    Os artigos publicados e as referências citadas em Política Cultural em Revista são de inteira responsabilidade de seus autores.

    O envio de qualquer colaboração implica automaticamente a cessão integral dos direitos autorais à Revista. Publicações posteriores dos mesmos são permitidas, desde que citada a publicação original.

    Política Cultural em Revista
    Conselho de Redação
    http://www.politicasculturaisemrevista.ufba.br
 

Declaração de Direito Autoral

A Políticas Culturais em Revista aplica a Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 4.0 Internacional para os trabalhos que publica. Esta licença foi desenvolvida para facilitar o acesso aberto - ou seja, o acesso livre, imediato, e a reutilização irrestrita de trabalhos originais de todos os tipos. Nossos autores mantêm os direitos autorais mas, sob essa licença, concordam em deixar os artigos legalmente disponíveis para reutilização, sem necessidade de permissão ou taxas, para praticamente qualquer finalidade. Qualquer pessoa pode copiar, distribuir ou reutilizar esses artigos, desde que o autor e a fonte original (Políticas Culturais em Revista) sejam devidamente citados.

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou à terceiros.