Análise de Potencial em Tecnologia de Gestão Baseada em Dados de Mídias Sociais e Tendências – TRENDS

Fabrício de Andrade Raymundo, Eduardo Antonio Ferreira, Sônia Marise Salles Carvalho, Tânia Cristina Cruz, Leila Fernandes dos Santos, Marcio Lima da Silva

Resumo


O presente artigo trata-se de análise acerca de tecnologias de gestão baseada em dados de mídias sociais e tendências – trends. O meio empresarial vem utilizando tecnologias de análises de dados oriundos das plataformas de mídias sociais a fim de aprimorar sua produção e melhorar a relação com os usuários (clientes). Utilizou-se como metodologia a tendência de pesquisa, medida pela produção de artigos científicos, em conjunto com a análise de registro de patentes. A busca principal apresenta detalhes coletados junto às bases Web of Science (artigos) e Espacenet (patentes) e em um complemento de pesquisa com encaminhamento de sugestão para trabalhos semelhantes futuros pesquisou-se nas bases: Espacenet e Patentscope, Web of Science e Google Acadêmico. Os resultados revelaram que a tecnologia em questão se encontra em nível avançado de desenvolvimento, consolidada, mas em constante atualização, em virtude dos dados e de os atores identificados relacionados à tecnologia estarem em constante modificação. 


Palavras-chave


Mídias Sociais. Prospecção Tecnológica. Trends.

Texto completo:

PDF

Referências


DE ABREU PEREIRA PINTO, Emeline et al. Produção Científica Sobre Redes Sociais: Abordagem Sob a Visão da Administração. Revista FSA, v. 13, n. 4, 2016.

DE MORAES, Thiago Perez Bernardes; SANTOS, Romer Mottinha. Os Protestos no Brasil: Um estudo sobre as pesquisas na web, e o caso da Primavera Brasileira. Revista internacional de investigación en ciencias sociales, v. 9, n. 2, p. 193-206, 2013.

EUROPEAN PATENT OFFICE (EPO). Espacenet: base de dados on-line. [2019]. Disponível em: https://worldwide.espacenet.com/. Acesso em: 12 julho 2019.

KAYSER, Victoria; BIERWISCH, Antje. Using Twitter for foresight: An opportunity? Futures, v. 84, p. 50-63, 2016.

KIETZMANN, Jan H. et al. Social media? Get serious! Understanding the functional building blocks of social media. Business horizons, v. 54, n. 3, p. 241-251, 2011.

MASLOW, Abraham H. A theory of human motivation. Psychological review, v. 50, n. 4, p. 370, 1943.

OLIVEIRA, Mariana Corrêa de; CARVALHO, Helenice. Spoleto x Porta dos Fundos: o monitoramento de mídias sociais como ferramenta estratégica na gestão de crises. 2013. Disponível em: https://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/88867?show=full. Acesso em: 15 jul. 2018.

QUINTELLA, Cristina Maria et al. Prospecção tecnológica como uma ferramenta aplicada em ciência e tecnologia para se chegar à inovação. Revista Virtual de Química, v. 3, n. 5, p. 406-415, 2011.

SERRA, Bernardo et al. Mídias sociais e negócios: um estudo Delphi. Revista Ibero Americana de Estratégia, v. 12, n. 1, p. 236-253, 2013.

SIMMONS, Geoff. Marketing to Postmodern Consumers: Introducing the Internet. Hameleon European Journal of Marketing, v. 3, n. 4, 2008.

TECH, Canal. O que é API? 2019. Disponível em: https://canaltech.com.br/software/o-que-e-api/. Acesso em: 26 jun. 2019.

WORLD INTELLECTUAL PROPERTY ORGANIZATION (WIPO). PATENTSCOPE: base de dados on-line. [2019]. Disponível em: https://patentscope.wipo.int/. Acesso em: 10 jul. 2019.

ZACKIEWICZ, Mauro. A economia do software e a digitalização da economia. Revista Brasileira de Inovação, v. 14, n. 2, p. 313-336, 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cp.v12i5%20Especial.32953

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)