Competitividade tecnológica entre países: uma análise de séries históricas de patentes na indústria petroquímica

Eduardo Cardoso Garrido, Renelson Ribeiro Sampaio, Fernando Luiz Pellegrini Pessoa

Resumo


Os dados resultantes do monitoramento permitem apontar quais países apresentam melhores condições para investimento no cenário mundial tecnológico e, assim, subsidiar ações destinadas ao desenvolvimento de negócios. O objetivo do presente trabalho foi o de verificar se o investimento tecnológico por meio de patentes da indústria petroquímica está ligado à competitividade de um país. Utilizou-se o Questel Orbit para busca e análise de dados contidos em publicações de patentes. Diferentes indicadores foram utilizados para efetuar a análise: PIB PPC; quantitativo de patentes com reivindicação de prioridade em um país; e o ICG. Verificou-se uma forte ligação entre o número de depósitos de patentes com o PIB PPC e o nível de investimento em P&D. Entretanto, ainda que determinado país se destaque quanto aos indicadores citados, esta correlação não é aplicável à totalidade dos países. Evidencia-se forte presença da China, dos EUA e do Japão no âmbito da publicação de patentes.

Palavras-chave


Patentes; Prospecção Tecnológica; Indústria Petroquímica.

Texto completo:

PDF

Referências


AXONAL. Treinamento Questel Orbit UNICAMP. Disponível em: . Acesso em: 27 ago. 2017.

CETINKAYA, Eren; LIU, Nathan; SIMONS, Theo Jan; WALLACH, Jeremy. Petrochemicals 2030: Reinventing the way to win in a changing industry. Disponível em: . Acesso em: 20 abr. 2018.

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA (CNI). Propriedade Intelectual para o Desenvolvimento Industrial. Disponível em: . Acesso em: 20 abr. 2018.

DEPEC-BRADESCO. Química e Petroquímica. Disponível em: . Acesso em: 20 abr. 2018. Junho de 2017.

FUNDAÇÃO ALEXANDRE DE GUSMÃO (FUNAG). As 15 maiores economias do mundo. Disponível em: . Acesso em: 26 abr. 2018. 2017.

INDIAN OIL. Petrochemicals Vision 2025: Challenges & Opportunities. Disponível em: . Acesso em 20 fev. 2018. Mumbai: 5th Indian Oil Petrochemical Conclave, 2016.

INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL (INPI). Busca de Patentes. Disponível: . Acesso em: 20 abr. 2018. Rio de Janeiro: INPI, 2016.

INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL (INPI). Inventando o futuro: uma introdução às patentes para as pequenas e médias empresas. Disponível em: . Acesso em: 27 ago. 2017. Rio de Janeiro: INPI, 2013.

INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL (INPI). Classificação de Patentes. Disponível em: . Acesso em: 21 dez. 2017.

ORGANIZAÇÃO PARA A COOPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO (OECD). Glossary of Patent Terminology. Disponível em: . Acesso em: 20 nov. 2017. 2006.

PINHEIRO, Maurício Canêdo; FIGUEIREDO, Paulo N. Por que é tão necessário o fortalecimento da competitividade industrial do Brasil? E qual é o papel da produtividade e da capacidade tecnológica inovadora? Disponível em: < https://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/bitstream/handle/10438/19438/2015-1-1.2.pdf?sequence=1&isAllowed=y>. Acesso em: 03 mai. 2018. Technological Learning and Industrial Innovation Working Paper Series, 2015.

VIANA, Fernando L. E. Indústria Petroquímica. Disponível em: . Acesso em: 18 abr. 2018. Caderno Setorial ETENE, Banco do Nordeste, 2016.

WORLD ECONOMIC FORUM (WEF). The global competitiveness report 2014-2015: full data edition. Disponível em: . Acesso em: 18 abr. 2018. Genebra, 2014.

WORLD ECONOMIC FORUM (WEF). Global Competitiveness Index 2017-2018. Disponível em: . Acesso em: 18 abr. 2018.

WORLD INTELLECTUAL PROPERTY ORGANIZATION (WIPO). Patent Cooperation Treaty (PCT). Disponível em: . Acesso em: 13 abr. 2018. WIPO: Washington, 1970.

WORLD INTELLECTUAL PROPERTY ORGANIZATION (WIPO). PCT FAQs - Protecting your Inventions Abroad: Frequently Asked Questions About the Patent Cooperation Treaty (PCT). Disponível em: . Acesso em: 18 abr. 2018. WIPO, 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cp.v12i3.27235

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)