SMART BAKERY: ESTUDO PROSPECTIVO SOBRE INTERNET DAS COISAS (IOT) APLICADAS AO SETOR DE PANIFICAÇÃO

Beneildo Rodrigues Oliveira Pereira, Silvia Uchoa, Clodoaldo Nascimento, João Santos, Ramon Cardeal Silva, Jéssica Caroline Rodrigues de Lima

Resumo


A Internet das Coisas (IoT), solução que permite a conexão entre diferentes objetos através da rede mundial de computadores, oferece às empresas de alimentos e bebidas um vasto potencial para otimização de suas operações. Ao mesmo tempo, o setor de panificação e confeitaria brasileiro é impelido a adotar novas tecnologias, visando o aumento do seu diferencial competitivo e inovativo. Dentro deste contexto, o presente artigo teve como objetivo realizar a prospecção tecnológica de soluções do sistema Iot com potencial de aplicação no setor de panificação, sendo para isso levantadas as patentes depositadas no INPI e no Questel Orbit e as produções cientificas presentes nas plataformas CAPES e Scielo. A prospecção aponta para um crescimento mundial nas pesquisas e desenvolvimento de produtos que relacionam IoT e alimentação, principalmente na China. O Brasil, apresenta um cenário incipiente no desenvolvimento dessas tecnologias, embora já existam algumas iniciativas do poder público e da indústria.


Palavras-chave


Internet das coisas; Panificação; Prospecção.

Texto completo:

PDF

Referências


BIAGGI, G. Q; TALHAIRE, T. R.; CARDOSO, T. C.; RAMOS, Y. L.; QUEIROGA, A. P. G.; RODRIGUES, L. C. A internet das coisas como fator primordial na indústria 4.0. Revista eletrônica engenharia estudos e debates, v. 1, 2018.

BODLA, R. Internet of Things: The Key Ingredient in Next-Generation Food and Beverage Companies. Revista Food Manufacturing, 2015. Disponível em: . Acesso em 20 de jun. de 2018.

ESTADÃO. Panasonic demonstra robô "Companion" na CES. jan. 2017. Disponível em: . Acesso em 30 de jun. de 2018

FIRJAM. Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro. Indústria 4.0. Cadernos SENAI de Inovação, 2016.

REVISTA FORBES. 5 Easy To Understand Examples Of The Internet of Things. jan, 2016. Disponível em: . Acesso em 20 de jun. de 2018.

MARTINEZ, M. E. M.; SANTOS, D. A.; WINTER, E. Mapeamento por meio de documentos patentários depositados no Brasil das tecnologias do setor de celulose e papel. O papel, vol.76 n.10, pag. 77-81, 2015.

MCTIC. O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, MCTIC e BNDES apresentam estudo do Plano Nacional de IoT com 76 ações para o setor, 2017. Disponível em: http://www.mctic.gov.br/mctic/opencms/salaImprensa/noticias/arquivos/2017/10/MCTIC_e_BNDES_apresentam_estudo_do_Plano_Nacional_de_IoT_com_76_acoes_para_o_setor.html. Acesso em 29 de jun. de 2018

PEREIRA, A.; SIMONETTO, E. O. Indústria 4.0: conceitos e perspectivas para o Brasil. Revista da Universidade Vale do Rio Verde, 16.1, 2018.

SANTAELLA, L., GALA, A., POLICARPO, C., & GAZONI, R. Desvelando a internet das coisas. Revista GEMInIS, 4(2), pag. 19-32. 2013.

SEBRAE. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Tecnologia e Inovação na Panificação e Confeitaria, 2016. Disponível em: Acesso em 19 de jun. de 2018.

ZAMBARDA, P. Internet das Coisas: entenda o conceito e o que muda com a tecnologia. Tech tudo. 2014. Disponível em:. Acesso em 01 de jul. de 2018.

WIPO, Word Intellectual Property Organization. Record Year for International Patent Applications. 2017. Disponível em: Acesso em 29 de junho 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cp.v12i1.27220

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Rede NIT-NE - Cadernos de Prospecção ISSN:1983-1358 (impresso) / ISSN: 2317-0026 (on-line)